PT  ENG ESP  

CAPSULA MOLE DE GELATINA

capsula-blanda.png
 

 

Formulações lipofílicas

Soluções lípidas (por exemplo, o dronabinol 2,5 mg, 5 mg e 10 mg)*
Sistema de apresentação do medicamento auto-emulsificante (por exemplo, a isotretinoína 10 mg, 20 mg, 30 mg, 40 mg)*
Redução do tamanho da partícula (por exemplo, a progesterona 100 mg, 200 mg)*
* Estes são exemplos de alguns produtos desenvolvidos por nossa companhia.

 

 

 




A cápsula mole de gelatina tradicional oferece um sistema efetivo em medicamentos orais, especialmente aqueles que têm baixa solubilidade e/ou permeabilidade (classes II, III e IV do Sistema de Classificação de Biofármacos [BCS, por suas siglas em inglês]). O líquido da cápsula mole de gelatina pode conter ingredientes que ajudam a aumentar sua solubilidade e permeabilidade. Estes ingredientes são, em sua maioria, líquidos ou semi-sólidos, o que aumenta sua absorção quando comparado a outros tipos de dosificação sólida, como os tabletes.


sombra-linea3.png


 

O que oferecem as Capsulas Moles de Gelatina de acordo à classificação BCS?

 
Muitas estratégias de formulação estão desenhadas para superar as barreiras de absorção provocadas pelos desafios relacionados com a solubilidade e/ou permeabilidade. 

Estratégias de formulário:

 
Para melhorar a biodisponibilidade, apresentamos a continuação de algumas estratégias focadas em incrementar a solubilidade e a permeabilidade.
 

Formulações hidrofílicas

Co-solvência (por exemplo a nimodipina 30 mg)*
Solubilização relacionada com o pH (por exemplo, o ibuprofeno 200 mg, 400 mg, 600 mg e a cetirizina 2 HCl 10 mg)*
 

 


CONTACTO

Estrada dos Estudantes, 349
Cotia, São Paulo, Brasil - CEP: 06707-050
Phone + 55 11 3405-5896 - Fax + 55 11 3405-5859
sic@softcaps.com.br - www.softcaps.com.br


PLATAFORMAS TECNOLÓGICAS

Cápsula mole de gelatina
Cápsula mole Twist Off
Gtabs
Versagels
Cápsulas mole de gelatina com cobertura entérica


SERVIÇOS

Pesquisa e Desenvolvimento